Sites Grátis no Comunidades.net Wordpress, Prestashop, Joomla e Drupal Grátis
Crie seu próprio Site Grátis! Templates Incríveis em HTML5/CSS3, Galerias de Fotos, Widgets, Publicação do Site e muito mais!
Menu
Translate this Page

Rating: 2.1/5 (41 votos)

ONLINE
1





 
 Canteiro de Ideias
HONESTIDADE

Ver os outros é tão difícil quanto ver-se a si mesmo. E vice e versa! Isso parece óbvio, mas não é. El Mosquetón aprendeu isto a duras penas. No seu caso, por ser mosquito, creio mais certo afirmar que foi a duras asas.

Ele estava tendo um problema com um de seus milhares de filhos. Vocês sabem, mosquitos tem centenas de milhares de filhotes. Mosquitinhos, tão problemáticos quantos os próprios pais. Afinal, genética e afinidade são Leis Universais e imutáveis! Mas, para El Mosquetón ter uma prole gigantesca não era problema. Tanto que ele conhece cada um de seus pequerruchos pelo nome.

Bem, o certo é que ele tinha um problema com um de seus rebentos e não estava sabendo como resolver a situação. Para sua sorte ou azar, vai-se lá saber!, que começou quando numa conversa discreta, afinal, este é um dos traços de El Mosquetón, com o vizinho, recebeu deste o conselho de procurar Fulaninho. Um mosquito idoso que tinha fama de ajudar a quem tinha problemas a resolver.

E assim lá se foi El Mosquetón todo alegria... Esta é outra marca registrada de nosso camarada: Sempre otimista! Uma alegria só, que somente ele sabe o preço. Pelo menos, são assim as suas considerações a respeito de si mesmo.

O orgulho é uma lâmina afiadíssima, qual navalha, que penetra fundo em nossa carne, sem ao menos a gente sentir ou perceber. Obviamente, damos conta do ocorrido só quando já é tarde demais, ou seja: Quando o sangue está a gotejar... Neste momento, é que vamos tomar consciência dos estragos recebidos e provocados.

El Mosquetón ao chegar em Fulalinho em vez de expor seus problemas, principiou por dar todo o currículo de quem lhe indicou os serviços prestativos de Fulalinho. Esta atitude na linguagem psicológica se chama: Enrolação! Entretanto, o que a psicologia acadêmica não sabe é que este é um dos movimentos do orgulho. Para sermos claros, a enrolação é neto ou neta do orgulho.

Outro parente próximo do orgulho, é conhecido como melindre! Para ser mais exato, o melindre é um dos filhos prediletos do orgulho. E El Mosquetón ficou melindrado com as atitudes de Fulalinho. Afinal, ele foi um tanto grosseiro com ele e nem ao menos deu um jeito em seus problemas. Porém, o problema é que Fulalinho nem mesmo ficou sabendo qual era o problema de El Mosquetón. Vocês perceberam?!

E assim, Fulalinho encaminhou o Sr. El Mosquetón para outro departamento. Um departamento mais especializado nestes casos. Ali, o atendente pega os dados e os passa para um Mosquito Vidente. Este, quando acolhe as informações, faz um rastreamento psíquico e consegue enxergar o consulente por dentro. Vendo seus reais problemas e, consequentemente, emite a receita.

Conclusão, caso resolvido. Ou quase! Pois, El Mosquetón está a aguardar a dita receita!
Criar um Site Grátis    |    Crear una Página Web Gratis   |   Create a Free Website Denunciar  |  Publicidade  |  Sites Grátis no Comunidades.net